Organização dentro do meu "caos"


Para mim, Setembro podia ser o mês em que me torno uma pessoa organizada e controlo todo o caos à minha volta.
Não sou a pessoa mais organizada do mundo, mas gosto de ter uma certa organização em todas as divisões, não só por ser mais bonito à vista mas principalmente porque se torna mais fácil para todos encontrarmos o que precisamos, rapidamente. A organização é uma forma de tornar o dia a dia mais eficiente e deixar tempo para o que realmente importa.

Estou a anos-luz de ser organizada e eficiente mas vou tentando manter os espaços desta pequena casa agradáveis, apelativos e confortáveis para todos os que a partilham.
Qualquer pessoa que visite a minha casa num dia normal, sem aviso prévio, encontra uma casa que se nota ter vida e existe sempre alguma coisa "desarrumada".
Com duas crianças em casa, o mais natural é haver algum brinquedo fora do sítio, e acho isso completamente aceitável. As crianças devem ser crianças e se isso significa desarrumar todos os brinquedos que precisam para as suas brincadeiras, que seja. No entanto, já lhes vou dando alguma responsabilidade, tendo em conta a idade de cada um, em relação a brinquedos e outros artigos que deixem espalhados pela casa. Ambos já sabem onde ficam os sapatinhos quando chegam a casa, e onde se arrumam as bicicletas que levam de passeio. São coisas simples que eles acatam facilmente e que me facilitam a vida.

Enquanto a escolinha do Vicente não recomeça, as rotinas matinais são diferentes. Mas durante o ano escolar, preparo sempre as roupas de véspera, incluindo a minha e muitas vezes até o pequeno almoço. As refeições são normalmente práticas e tento fazer sempre a contar com o meu almoço do dia seguinte, desta forma evito cozinhar uma nova refeição todos os dias ou comer menos saudável apenas para me despachar.

Podia pensar-se que uma pessoa que trabalha em casa teria sempre tudo arrumado e limpo a fundo, mas a verdade é que eu tenho um trabalho que me exige estar algumas horas em frente ao computador, e nessas horas não cuido da casa, como qualquer outra pessoa que trabalhe fora dela. É igual, sem a desvantagem do tempo que se perde em deslocações. Além disso, tenho um bebé em casa comigo, ao qual tenho que dar atenção e me "rouba" muito tempo (coloquei as aspas de propósito, porque não encontro outra palavra mas porque não é a que melhor define o tempo que o meu filho me toma, que é precioso e que gostava de manter por muito tempo).

De qualquer forma, e não sendo uma pessoa que faz grandes organizações mensais ou semanais nem grandes limpezas de primavera, gosto de manter um espaço fluido, limpo e acima de tudo confortável e convidativo.

Beijo

Comentários

  1. Concordo plenamente! Dizem que tenho a mania das limpeza e afins... Mas a realidade é que mesmo em casa e sem um trabalho "oficial" o tempo nunca chega para tudo quando se tem um bebé. :) Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Cat!
      Para já, peço desculpa pela demora na minha resposta mas até agora pensava que ninguém lia as minhas publicações quanto mais, comentar! Não estava a receber notificações e por isso não sabia que tinha este seu comentário! Obrigada!
      O tempo é tramado, os dias parece que passam sempre a correr e nunca temos tempo para fazer tudo o que nos tínhamos proposto no início do dia. Acontece-me tantas vezes!

      Beijinhos

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares